Híbrido Etanol: O Motor do Futuro

Confira a programação completa do evento Híbrido-Etanol: O Motor do Futuro

Debate sobre a necessidade do desenvolvimento de uma nova tecnologia de energia limpa para automóveis acontece no dia 26, às 14h, no Parque Tecnológico de Sorocaba, com presença da indústria, academia e representantes dos trabalhadores


2022-05-24T13:34:00




PROGRAMAÇÃO
PROGRAMAÇÃO
O debate "Híbrido Etanol: O Motor do Futuro" acontece na próxima quinta-feira, dia 26, a partir das 14h, no Parque Tecnológico de Sorocaba, e vai promover dois painéis sobre o tema, são eles: "Qual o impacto das novas tecnologias para a cadeia de autopeças no Brasil?" e "Quais ações necessárias para o desenvolvimento e suprimento local?". O objetivo do evento é discutir a necessidade do desenvolvimento de uma nova tecnologia de energia limpa para automóveis e também os desafios e oportunidades para a mobilidade sustentável. Confira a programação abaixo.
 
14h30 - Qual o impacto das novas tecnologias para a cadeia de autopeças no Brasil?

Mediação
Rodrigo Marques - Coordenador do CEMPQC: Possui graduação em Química pela UNESP (1995). É mestre em Físico-Química (Instituto de Química-UNESP), doutor em Físico-Química pela Universidade de York (Inglaterra) e Instituto de Química (UNESP), com pós-doutorado em Química Inorgânica pelo Centre d'Elaboration de Matériaux et d'Etudes Structurales, CEMES (França). Foi diretor do Campus Avançado da Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL) em Poços de Caldas. É coordenador do Centro de Monitoramento e Pesquisa da Qualidade de Combustíveis, Biocombustíveis, Petróleo e Derivados (CEMPEQC/IQ-UNESP).

Expositores
Rafael Chang - Presidente da Toyota do Brasil: Rafael Chang é formado em engenharia industrial pela Universidade Pontifícia Católica do Peru. Atualmente é o presidente da Toyota do Brasil. Sua carreira na Toyota começou em 1993 no departamento de vendas. Após quatro anos assumiu a gerência de Marketing e em 2004 se tornou gerente de vendas e da divisão comercial da Toyota Peru no ano seguinte. Em 2011, atuou como gerente-geral do departamento de vendas e marketing da divisão América Latina e Caribe da Toyota Motor Corporation, no Japão, retornando para a região somente em 2015 como vice-presidente executivo da Toyota Venezuela. Em 2016, assumiu a presidência da Toyota naquele país e, em janeiro de 2017, se tornou presidente da Toyota do Brasil.

Prof. Gerhard Ett - Departamento de Engenharia Química da FEI:PhD em Materiais/Energia pela USP/IPEN. Engenheiro Químico e Químico pela Universidade Mackenzie. Especializado em baterias de íon lítio e produção de hidrogênio/gaseificação pela Alemanha e célula a combustível pela USP. Trabalha desde 1984, com foco em Hidrogênio, baterias, célula a combustível e tratamento de superfícies. Em 1998 fundou a Electrocell, empresa de destaque internacional na área de células a combustível, Prêmio CNI, FIESP, FINEP, SAE e WRI, menção honrosa pela Fuel Cell Tuday, como uma das empresas mais sérias do hemisfério Sul. Em vinte anos desenvolveram 80 projetos, como a maior célula a combustível tipo PEM do Hemisfério Sul (50 kW) Projeto AES, reformador de Gás natural Projeto CNPq e eletrolisadores - projeto FAPESP.

Foi chefe do laboratório de Engenharia Térmica e motores do IPT, gerente do projeto de gaseificação de biomassa para produção de hidrogênio e Diesel verde. Coordenou por 5 anos , o comitê de hidrogênio da ABNT. Coautor de 11 patentes, 14 capítulos de livros e artigos de periódicos. Consultor Ad-hoc FAPESP, FUNDEP, periódicos, empresas e governo. Atualmente é professor e pesquisador em tempo integral do Departamento de Eletroquímica do Centro Universitário FEI atuando na área de Engenharia eletroquímica.

16h - Quais ações necessárias para o desenvolvimento e suprimento local?


Mediação
Wellington Damasceno - É trabalhador na Volkswagen de São Bernardo do Campo e diretor administrativo do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. Advogado e pós-graduado em Direito e Relações do Trabalho na Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo.

Expositores
Gábor Deák - Diretor de Tecnologia Sindipeças: É diretor de Tecnologia do Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças). Formou-se em Engenharia Mecânica pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e é pós-graduado em Administração de Empresas pelo Curso de Especialização em Administração para Graduados (CEAG), da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Deák foi presidente regional para a América do Sul da Delphi Corporation de 2003 a 2013. Ocupou posição de liderança em outras grandes empresas, como a Iochpe-Maxion. Atualmente, é integrante do Conselho Superior da SAE Brasil, entidade que dirigiu nos anos de 2005 e 2006, e do Conselho de Administração da SAE4Mobility, subsidiária da SAE Brasil. É também conselheiro do Instituto da Qualidade Automotiva (IQA) e de algumas empresas.

Leandro Soares - Presidente do SMetal: Leandro Soares tem 40 anos e está no segundo mandato como presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal), entidade que representa cerca de 42 mil trabalhadores. Foi coordenador da Juventude Metalúrgica e secretário-geral do SMetal e Secretário Nacional de Juventude da Confederação Nacional dos Metalúrgicos (CNM/CUT). Ele também foi responsável por ajudar a construir a Secretaria de Juventude da Central Única dos Trabalhadores (CUT), em 2009.

17:15h - Encerramento - FEM

Serviço
Híbrido Etanol: O Motor do Futuro
Quando: Dia 26 de maio de 2022 (quinta-feira)
Horário: a partir das 14h 

Local: Parque Tecnológico de Sorocaba (Av. Itavuvu, nº 11.777)
Haverá transmissão ao vivo pelo site www.motordofuturo.com.br